quinta-feira, 31 de outubro de 2013

terça-feira, 29 de outubro de 2013

JERICOACOARA - EXEMPLO DE TURISMO

Curtindo o por do sol
Nas lojas
Na Lagoa Azul
entre uma das muitas belas paisagens
 
Falam de Jericoacoara como um paraíso. E realmente saí deste último final de semana prolongado, com esta certeza. Percorri lugares belíssimos; vi um por do sol difícil de esquecer; tomei banhos em lagoas de um azul anil; degustei pratos deliciosos; deliciei-me com bebidas que me deixaram saudades.
 
O clima meio que selvagem de Jericoacoara com ruas de areia, com vegetações nativas preservadas, com animais circulando nas paisagens, possui um simbolismo de natureza que atrai uma energia positiva, para muitos mágica. Trata-se de um lugar para visitar e revisitar.
 
A viagem para Jeri de ônibus e depois de jardineira ou pau-de-arara já dá o sinal de que estamos chegando em algo diferente. A entrada em Jericoacoara mostra que estamos respirando ares diferenciados. A visita ao comércio local demonstra que, além de termos belas e transadas lojas, temos pessoas dispostas a lhe atender bem. Em todos os locais que visitei aconteceu um atendimento a contento. O preço não foi sempre atrativo, mas a qualidade das iguarias inquestionável. Já falei dos drinks. Imperdíveis. Tomei um "lagoa azul" maravilhoso. Um "xoxota" esplendoroso. Pena que não pude repetir nos dias seguintes em minha estada pela variedade de programação que acometi.
 
Um passeio que merecer ser feito é o da Tatajuba. Belas paisagens coroando com um belo banho. Só não igual ao da Lagoa Azul e ao da Lagoa do Paraíso. Estes últimos possuem um frio e imagens magistrais em seu deleite.  
 
Às noites faz-se compras até altas horas; toma-se sorvete; caminha-se na praça; compra-se pães especiais; dança-se forró pé-de-serra; come-se de tudo que você desejar, pois as opções são muito diversificadas, aliás para todos os gostos, de gregos a troianos. Homens e mulheres bronzeados circulam pelas ruas falando o cearensês, os sotaques brasileiros, as línguas estrangeiras. Há uma diversidade de culturas, de pessoas, mas todas a contemplar a beleza astral do lugar.
 
Ah...o por do sol. Maravilhoso ficar na areia da praia a contemplar os últimos raios do sol. Corremos para pegar seus últimos suspiros. E como foram belos. Uma multidão ali estava junto de nós a ver o sol desaparecer. E ele amanhã volta a surgir imponente. Como a vida que vai e vem. As alegrias e tristezas que vão e vem na nossa existência. Entretanto, neste momento só deu para sentir o quanto é belo nosso mundo. Bela Jeri. Belíssima.
 
obs: ah, não fui a Pedra Furada, mas também tinha que ficar algo simbólico para uma nova visita.

 

SABEDORIA POR OSCAR WILDE

"Se alguém diz a verdade, pode estar certo de que será descoberto, mais cedo ou mais tarde."

Oscar Wilde

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

FERIADÃO

Amanhã irei conhecer finalmente um dos lugares considerados mais bonitos do Ceará: Jericoacoara. Esta viagem já estava programada há longo tempo. Irei com Cristiane e alguns outros amigos. Deixarei de ver inauguração de projeto implantado em Quixadá na área de palma, na qual tive a oportunidade de colaborar em sua concepção. Abraços aos entusiastas Bebel, Chiquinho Saraiva, Beto Macário, Edmar Machado e Ricardo Carneiro pela conquista e em especial ao município de Quixadá. Teremos uma outra unidade demonstrativa de sorgo no distrito do Custódio em muito em breve. O secretário Nelson Martins e os colegas coordenadores Márcio Peixoto(Pecuária) e Itamar Lemos(Agricultura Familiar) estarão presentes nesta solenidade. Abraço e até depois do feriado.
 
foto: já me imaginando lá!
 

SABEDORIA POR BLAISE PASCAL

"Ninguém é tão sábio que não tenha nada para aprender, nem tão tolo que não tenha para ensinar."
 
Blaise Pascal

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SAUDADES DELCIO

Ontem ao sair da SDA conversando com o secretário Nelson Martins e o colega diretor da Ematerce Walmir Severo relembramos com saudade do colega Delcio. Nossas palavras foram para relatar o profissionalismo, a dedicação, a pontualidade, a disposição para ajudar do amigo que nos deixou. Se Delcio era conhecido em Quixadá pela alegria, amizade, animação e participação em eventos, aqui na SDA ele manteve estas qualidades e agregou muitas outras com seu trabalho. Estas palavras não são só minhas, mas de todos que o conheceram em sua passagem trabalhando na Secretaria do Desenvolvimento Agrário. Minhas condolências a todos os seus familiares, especialmente seus pais e minha amiga Socorrinha, sua amada companheira.

LANÇAMENTO LIVRO ANA MIRANDA

Conferi na Livraria Cultura o lançamento do livro "O Peso da Luz", da renomada escritora cearense Ana Miranda. Antes do lançamento aconteceu uma palestra-conversa com a escritora. Achei interessante seu relato sobre Rachel de Queiroz, da qual foi vizinha no Rio de Janeiro. Rachel, após ler o romance "Boca do Inferno", a chamou em seu apartamento e lhe deu dois livros sobre Bárbara de Alencar. E afirmou: "escreva sobre esta mulher." E assim foi feito. O livro deve sair em breve.
 
Embora conhecesse de nome a escritora, foi a primeira vez que tive contato com suas obras e sua prosa. Na hora dos autógrafos me identifiquei como da "Terra de Rachel" e comentei sobre a passagem relatada em sua conversa. Divagamos um pouco sobre Rachel, a qual tive o privilégio de várias vezes conversar diversas vezes, e ao final do nosso curto bate papo disse para ela: "Você tem um pouco da Rachel: seu bom humor, seu senso da realidade, sua simpatia.
 
Em troca na dedicatória do livro me escreveu: "Ao quixadaense Cristiano Goes, desta quixadaense por amor a Rachel. Com abraço  da Ana Miranda. Fortaleza, 18/10/2013".

 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

SABEDORIA POR CONFÚCIO

"Aja antes de falar e, portanto, fale de acordo com seus atos."
 
Confúcio

2o. ENCONTRO DOS FORNECEDORES DA SDA

Participantes SDA/Fornecedores
Realizamos nesta última semana o 2o. Encontro de Fornecedores da Secretaria do Desenvolvimento Agrário. O objetivo é integrar os fornecedores com as práticas da SDA no intuito de ter um melhor relacionamento. Foram apresentados os principais projetos, a forma de aquisição e controle de qualidade dos produtos adquiridos, a forma de pagamento e sua gestão das finanças. Busca-se com estes encontros quebrar barreiras e fazer com que os fornecedores sejam verdadeiros parceiros do desenvolvimento agrário no Ceará. O local da realização foi o auditório do Núcleo de Classificação e com a presença de mais de 20 fornecedores. A mobilização do encontro foi da Coordenadoria de Planejamento, com ênfase da área administrativa e de recursos humanos.

LIVRO CULTURA DAS TRANSGRESSÕES NO BRASIL

Terminei a leitura do livro "Cultura das transgressões no Brasil - lições da história. Uma boa leitura para compreender e buscar superar a mania do jeitinho brasileiro, da aceitação da ilegalidade, da complacência com a corrupção. A edição é da Saraiva.

TRANQUILIDADE NA PRAINHA

Passei este domingo na Prainha em Aquiraz. Um ótimo local para descanso, curtir a praia e saborear um peixe. A visitar.

RAIMUNDO DOS QUEIJOS - FORTALEZA (CE)

ao lado de Raimundo dos Queijos
Parte do público presente
Degustando queijos
Frequentador alegre com a música..
 
Em duas oportunidades tive o privilégio de ir ao tradicional ponto de encontro de Fortaleza: Raimundo dos Queijos. Misto de bar, mercadinho, frigorífico e confraria, este espaço é um ponto de encontro de inúmeros saudosistas do centro de Fortaleza, de boêmios, de amigos, de egressos do sertão, etc. Trata-se de um espaço imperdível para compreender o lado moleque, hospitaleiro e festivo do cearense.
 
Lá podemos comprar queijo e carne de boa qualidade, ouvir música das antigas, ver gente e de bom papo, tomar cerveja, etc. Situa-se na Travessa Crato, entre as ruas Conde D!Eu e General Bizerril no Centro de Fortaleza. Funciona há 34 anos e configura-se em um local dos mais tradicionais da capital cearense. Vale a pena visitar. Bom seria a prefeitura desse uma reorganizada naquele calçadão. Com uma limpeza melhor e uma pintura das lojas do seu calçadão, seria ainda maias agradável. O dia mais visitado é o domingo com grande público presente. As fotos são de um domingo desses atrás.

domingo, 20 de outubro de 2013

sábado, 19 de outubro de 2013

AHHH, O FUTEBOL !

Poxa como o futebol mexe com as pessoas. Elas ficam alegres, tristes, bem-humoradas, ranzinzas; tudo dependendo desta paixão mundial que nos faz parecer tolos com tal sentimento.
 
Vi recentemente o fracasso do time que torço na série C do Brasileirão. Incrível ver aquela multidão festejar coletivamente os primeiros momentos do jogo do Fortaleza. Abraços e cumprimentos de desconhecidos unidos pela paixão de seu time. Era um êxtase coletivo, para depois, no epílogo, ser uma sinfonia mal acabada e triste. A felicidade deu vez a melancolia geral. Opiniões eram as mais diversas sobre o acontecido, afinal o brasileiro é um técnico por excelência. Todos nós damos os nossos "pitacos" sobre futebol. Escalamos a seleção brasileira com  convencimento ferrenho de causa. Criticamos e elogiamos como se fôssemos estudiosos profundos do tema. Mas paixão no futebol é isto: um sentimento que extravasa, que nos tira do sério, que nos faz crianças novamente.
 
Depois desta hecatombe tricolor até pensei que seria mais gozado pelos amigos rivais alvinegros, mas acho que eles nos pouparam de repetir a dor de domingo passado. Legal esta rivalidade amiga de colegas de trabalho, familiares e amigos. Bem diferente da ação de falsos torcedores que transformam o estádios em praças de guerra. Esses bandidos de há muito deveriam estar banidos do futebol.
 
Falo desta paixão que supera distâncias e que se refugia em todos os rincões brasileiros. Em qualquer parte do Brasil há esta coisa que mexe com as pessoas. Desde criança somos compelidos a torcer por um time. E esta escolha nos acompanha por toda a vida. Trocamos de esposas, de trabalho, de cidade; mas raramente escutamos alguém que mudou de casaca no futebol.
 
Estive em Minas Gerais, onde participei de belo congresso jurídico. Pude, na folga à noite, conferir um jogo do Cruzeiro no Mineirão. A mesma paixão estava presente na torcida do time azul. E como ele está na liderança do campeonato, imaginemos como está o estado de graça dos seus torcedores. Como um expectador anônimo presenciei um show de futebol e de energia no estádio. Uma demonstração que a paixão do brasileiro por este esporte pode ser diferente, mas única na sua intensidade em qualquer local de nosso Brasil. Um fato que gostei foi que em nenhum momento no estádio se fez alusão ao rival Galo. Eram só músicas e refrãos para incentivar o seu time. Um espetáculo dentro e fora de campo. Ah, mesmo estando muito bonito o Mineirão, nosso estádio Castelão é ainda mais esplendoroso.
 
Viva o futebol, o bom futebol das peladas de domingo, do futebol espetáculo, da torcida frenética, das desilusões, dos momentos nostálgicos. Tudo isto faz do brasileiro um povo sofrido, no entanto, feliz.

foto: Estádio Mineirão - Belo Horizonte (MG)

 

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

CONGRESSO JURÍDICO DE DIREITO DO ESTADO / MINAS GERAIS

ao lado do jurista e professor Paulo Modesto
Ao lado da mestra Maria Silvia Zanella di Pietro
ao lado do ministro do STF Eros Grau
Como é bom ouvir pensadores do direito e da sociedade. Estive em Belo Horizonte (MG) participando do II Congresso Internacional Jurídico de Direito do Estado.  Pude ter contato com grandes nomes da literatura jurídica brasileira. Entre a turma seleta de expositores estavam Maria Sylvia Zanella de Pietro, Carlos Velloso, Gilmar Mendes, Eros Grau, Paulo Modesto, Fábio Medina, Marco Grecco, Humberto Ávila, entre muitos outros. Foram três dias para compreender os movimentos do direito brasileiro e mundial.
 
Uma foto, uma imagem mesmo não traduz a realidade de uma pessoa. Nada como ouvir, conviver e compartilhar ideias com alguém para realmente ter o discernimento necessário para avaliar alguém. Falo isto após ouvir o ex-ministro do STF Eros Grau. Com uma conversa apetitosa, agradável e risonha, conquistou a todos da plateia. Defendeu ardorosamente o cumprimento das leis e encerrou com versos de Paulo Mendes Campos: "Se multipliquei a minha dor, também multipliquei a minha esperança."
 
Encontrar a mestra do direito administrativo foi um momento surreal. Vê-la expondo seu pensamento foi algo inesquecível. Um momento para lembrar. Pude conversar rapidamente com a escritora referência de direito administrativo no Brasil. Ela me perguntou de onde a conhecia. E eu rindo lhe disse que era dos seus livros. Ah, você tem uma fisionomia bem conhecida, me disse Maria Sylvia di
Pietro. E posou ao meu lado para uma foto guardada por mim a sete chaves.
 
Este seminário permitiu o contato com pensamentos divergentes e convergentes do direito com ênfase no constitucional, administrativo e tributário. Possibilitou compreender melhor as teses majoritárias na atualidade; as decisões do STF; as angústias dos operadores do direito. Pude passar três dias em contato com grandes juristas e pensadores e perceber fortemente  a máxima de que sempre temos que nos capacitar, sempre temos muito a aprender.

SABEDORIA POR ARISTÓTELES

"Seja senhor da tua vontade e escravo da tua consciência".
 
Aristóteles