segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

ODORICO SE DESPEDE DO CENTEC COM INAUGURAÇÃO DE MERCEARIA

Odorico Monteiro se despede do CENTEC com evento festivo. O conceituado gestor vai ocupar cargo no Ministério da Saúde. Damos nossos cumprimentos a este grande amigo e colega de trabalho que por onde passou deixou sua marca de exemplo de homem público.

No próximo dia 29, às 9h, será inaugurada a Mercearia do Instituto Centec no Centro de Formação de Instrutores (CFI) – rua Silva Jardim, 512 - esquina com rua Jaime Benévolo.

O presidente do Instituto Centec, Odorico Monteiro, que teve a ideia de criar uma vitrine para fazer venda direta ao público, inaugura a Mercearia com degustação dos produtos das duas Faculdades de Tecnologia Centec (Fatec), dos 3 Centros Vocacionais Técnicos (CVTec) e dos 33 Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) para convidados da imprensa e parceiros institucionais do Centec.

A Mercearia será um canal de escoamento em Fortaleza para os produtos dos Arranjos Produtivos Locais (APL) do mel, leite, caju, peixe, frutos do mar e couro. Além de alimentos, a unidade também vai vender artesanato e produtos fitoterápicos, além de divulgar a produção das 50 empresas incubadas na Intece, a incubadora do Instituto Cetec que tem seis unidades no interior.

A linguiça e a buchada produzidas no CVT de Icó e os queijos e ricotas temperados da Fatec de Quixeramobim são alguns dos atrativos da vitrine da Mercearia. Também serão comercializados na unidade mel de abelha do sertão, castanha de caju, cajuína, mel de caju sem açúcar, rapadura de caju, doces, filé e bolinhos de peixe, geléia e doces de frutas, entre outros alimentos.

Odorico Monteiro informa que são gerados excedentes em muitos produtos desenvolvidos na estrutura de escola das unidades do Instituto Centec pelos alunos dos cursos tecnológicos, de nível médio ou da educação continuada, e na fazenda experimental de Barreira. Ex-alunos que criaram empresas incubadas e já estão no mercado também irão fornecer produtos à Mercearia que poderá também intermediar encomendas de grandes volumes no atacado.

Os produtos fitoterápicos da Farmácia Viva do CVT de Beberibe, que fornece para postos de saúde, vão ser ofertados na Mercearia, assim como os produtos de artesanato em papel feitos de palha de carnaúba ou de milho. O CVT de Campos Sales fornecerá peças de artesanato em couro e o de Acaraú objetos de decoração produzidos a partir de frutos do mar, como o caranguejo e peixe empalhado. O resultado das vendas, que não têm por objetivo o lucro, serão aplicados na sustentabilidade de cada unidade fornecedora dos produtos, informa Odorico Monteiro.

Flamínio Araripe - centec.org.br