sábado, 13 de abril de 2013

NA ESTRADA COM LINCOLN

Dentro do carro 
na praça da Criança em Iguatu

Estes últimos dias estive viajando pelos mais diversos municípios a trabalho. Já conhecia a maioria das cidades visitadas, mas foi bom revisitá-las e ver como elas se encontram atualmente. A bucólica Viçosa do Ceará com suas belas casas, praças, jardins e exemplar limpeza, sempre surpreende. Iguatu, entretanto simboliza como um bom gestor pode mudar a face de uma cidade com bons projetos e determinação.  Urbanisticamente aconteceu uma completa alteração para melhor. A praça da Criança que visitei é uma ideia primorosa que vi tornar-se realidade. Comparo Iguatu com a transformação vivida por Sobral quando o atual governador Cid Gomes foi alcaide daquela cidade. Os dois municípios passaram por uma total mudança em oito anos de gestão. Então dá para fazer diferente.... 

Em meu périplo visitei Canindé, Crateús, Tauá, Itapipoca, Sobral, Viçosa do Ceará, Camocim, Aracati, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Iguatu, Juazeiro, Crato e Barbalha. Foi muito legal rever colegas da Ematerce e outros amigos que fiz nestas andanças desde 2010. Nestas visitas tratei de questões relacionadas à implantação dos escritórios do projeto São José III e também para conhecer as instalações dos Laboratórios de Classificação de Sementes da SDA. 

Como a viagem foi longa pelos quatro cantos do Ceará, levei a tiracolo o livro Lincoln de Doris Goodwin. Foi baseado neste livro que se baseou o recente filme de mesmo nome. Na realidade entre as curvas da estrada fui me deliciando com a narrativa brilhante de sua páginas. Sempre um livro supera, por melhor que seja sua transcrição em película. E não foi diferente. A riqueza de suas páginas me fazia imaginar viver aquela época trágica e ao mesmo tempo revolucionária. Época em que as idéias contrárias à liberdade, à igualdade, fizeram uma nação entrar em guerra civil. A figura do Presidente Lincoln cativa página a página. Sua indicação pelo Partido Republicano, a vitória na eleição presidencial, a escolha de sua equipe de trabalho, a sensibilidade e ao mesmo tempo sua determinação na condução do país e no meio da Guerra de Secessão configuram-se em episódios memoráveis. Confesso que foram poucos os livros a me emocionar como este. Também é praticamente impossível não ser um admirador de Abraham Lincoln, após sua leitura. Trata-se de uma personalidade como poucas na história mundial. 

Entre as visitas nas cidades e reuniões de trabalho fui devorando linha após linha. O desfecho já me era conhecido. Sua morte não diminuiu em nada sua importância. A defesa da igualdade, do fim da escravidão marcaram a história do lenhador que chegou a presidência. Entrou para a história mundial como um líder humano, carismático, sensível e determinado.  Seu lema de vida pode ser traduzido em frase dita na sua segunda posse na presidência: "sem hostilidade para com ninguém, com caridade para todos".