segunda-feira, 5 de maio de 2008

SONHOS PODEM VIRAR SOMENTE ILUSÕES


Assisti recentemente ao filme "Bobby" de Emílio Estevez, que conta a trajetória de cerca de 20 personagens, cujas vidas se entrelaçam por ocasião do assassinato do então candidato a presidência dos EUA Robert Francis Kennedy. O filme não aborda a trajetória política do senador nem os bastidores de sua campanha, fala da vida de pessoas comuns que se encontram no hotel onde Bobby visitará e proferirá um discurso. A cena final emociona, faz um bom tempo que eu não me emociono tanto ao ver um filme. Não simplemente pelo brilhantismo do diretor, mas pela sua capacidade de traduzir o sentimento de esperança e de um mundo melhor que aconteceria com a eleição de Bobby Kennedy. Ele traduzia as aspirações do mais humildes, dos negros, dos jovens, dos entusiastas pela paz e direitos civis. Era um vento de esperança naqueles tempos dificeis de Guerra do Vietnã, de preconceitos raciais, de violências, de assassinatos. Sua morte representou um duro golpe na esperança de milhões de americanos. Seus discursos empolgavam e fazia a todos acreditar que uma outra forma das coisas acontecerem ser possível. O filme me fez pesquisar sobre sua trajetória o que acabou me dando uma certa frustação pois os principais meios de pesquisa são em inglês, que ainda não domino muito bem. De qualquer forma fiquei instigado a conhecer de perto este político com discursos tão atuais. Ei você, quando chegar à locadora não duvide, alugue o filme Bobby.