quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

CASA DA MÃE JOANA - ORIGEM

É o lugar onde vale tudo, sem ordem, fé nem lei, onde predominam a confusão, a balbúrdia e a desorganização. A mulher que deu nome a tal casa chamava-se obviamente Joana. Viveu no Século XIV e era Condessa de Provença e Rainha de Nápoles. Moralmente desregrada, permissiva, acabou condenada pela Igreja a viver enclausurada em Avignon. Quando no esplendor do poder, apoiou abertamente o funcionamento dos bordéis e protegeu os que viviam desse lucrativo comércio. Casa da mãe Joana, essa mãezona acabou virando sinônimo de prostíbulo, onde a licenciosidade impera.

Fonte: O pulo do Gato - Márcio Cotrim