terça-feira, 3 de setembro de 2013

CEARÁ ZONA LIVRE DE AFTOSA

Hoje tivemos uma bela solenidade na PECNORDESTE que abrilhantou uma grande conquista para o Estado do Ceará: o status de estado livre de aftosa com vacinação. Para se chegar a este dia, com o Governador Cid Gomes recebendo esta certificação, foi uma longa jornada.
 
Uma jornada que envolveu muitos atores e atrizes em um filme recheado de muito trabalho e dedicação de todos. Foram inúmeras campanhas de vacinação com esforço dos servidores da ADAGRI e da Ematerce, tendo eles que se desdobrar para cumprir tantas atribuições. E depois das campanhas o trabalho não parava; pelo contrário, aconteciam as ações continuadas de convencimento dos produtores, da atividade não sempre agradável de notificar eventuais infratores, entre outras atividades.
 
Deve-se ressaltar que o convencimento dos produtores para a obrigatoriedade da vacinação cresceu ano após ano. Foi realmente um longo percurso de campanhas educativas, de debates e reuniões, de entrevistas nas rádios. Deve-se destacar as entidades de classe dos produtores que ajudaram bastante neste citado convencimento, destacando-se a FAEC e a FETRAECE. Não se pode esquecer também a colaboração da imprensa que muito divulgou sobre as campanhas.
 
Do Governo do Estado exigiu-se muito. Uma reestruturação de sua Agência de Defesa Agropecuária (ADAGRI) com mais servidores, equipamentos e sedes no interior, além de recursos para as duas campanhas anuais. Da equipe da SDA e do corpo diretivo da ADAGRI exigiu-se muita dedicação e planejamento para cumprir as metas propostas e imprescindíveis para este dia histórico de 3 de setembro se tornar realidade. Destaco o apoio decisivo do secretário Nelson Martins na coordenação deste trabalho. Destaco também o Presidente da Adagri Augusto Junior que também não mediu esforços no trabalho e nos pedidos de colaboração (ficou até conhecido como "AI PEDE"). Sem dúvida estes dois conduziram muito bem esta viagem cheia de desafios. Não pode-se esquecer do secretário adjunto Amorim que foi sempre um entusiasta desta empreitada.
 
Como viram, para ganhar uma guerra é preciso muita gente. Não se ganha uma guerra sozinho e esta foi um trabalho realmente de muitas mãos. Parabéns Governador Cid Gomes por propiciar as condições para que a guerra fosse vencida por este batalhão de heroicos servidores públicos, contando com o apoio de uma artilharia oriunda de produtores, associações, prefeituras, etc.