segunda-feira, 7 de outubro de 2013

CONGRESSO JURÍDICO DE DIREITO DO ESTADO / MINAS GERAIS

ao lado do jurista e professor Paulo Modesto
Ao lado da mestra Maria Silvia Zanella di Pietro
ao lado do ministro do STF Eros Grau
Como é bom ouvir pensadores do direito e da sociedade. Estive em Belo Horizonte (MG) participando do II Congresso Internacional Jurídico de Direito do Estado.  Pude ter contato com grandes nomes da literatura jurídica brasileira. Entre a turma seleta de expositores estavam Maria Sylvia Zanella de Pietro, Carlos Velloso, Gilmar Mendes, Eros Grau, Paulo Modesto, Fábio Medina, Marco Grecco, Humberto Ávila, entre muitos outros. Foram três dias para compreender os movimentos do direito brasileiro e mundial.
 
Uma foto, uma imagem mesmo não traduz a realidade de uma pessoa. Nada como ouvir, conviver e compartilhar ideias com alguém para realmente ter o discernimento necessário para avaliar alguém. Falo isto após ouvir o ex-ministro do STF Eros Grau. Com uma conversa apetitosa, agradável e risonha, conquistou a todos da plateia. Defendeu ardorosamente o cumprimento das leis e encerrou com versos de Paulo Mendes Campos: "Se multipliquei a minha dor, também multipliquei a minha esperança."
 
Encontrar a mestra do direito administrativo foi um momento surreal. Vê-la expondo seu pensamento foi algo inesquecível. Um momento para lembrar. Pude conversar rapidamente com a escritora referência de direito administrativo no Brasil. Ela me perguntou de onde a conhecia. E eu rindo lhe disse que era dos seus livros. Ah, você tem uma fisionomia bem conhecida, me disse Maria Sylvia di
Pietro. E posou ao meu lado para uma foto guardada por mim a sete chaves.
 
Este seminário permitiu o contato com pensamentos divergentes e convergentes do direito com ênfase no constitucional, administrativo e tributário. Possibilitou compreender melhor as teses majoritárias na atualidade; as decisões do STF; as angústias dos operadores do direito. Pude passar três dias em contato com grandes juristas e pensadores e perceber fortemente  a máxima de que sempre temos que nos capacitar, sempre temos muito a aprender.