quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

FILME FRACTAIS SERTANEJOS DE HERALDO CAVALCANTI NOVAMENTE PREMIADO



Reproduzo matéria do Diário do Nordeste que fala da premiação recebida pelo cineasta cearense Heraldo Cavalcanti pelo filme "Fractais Sertanejos". Heraldo atualmente reside no Rio de Janeiro e prepara o lançamento de novo filme intitulado "A casa das horas", que tem no papel principal a atriz Nicette Bruno. Pela dedicação que Heraldo dedica a sua profissão, com certeza teremos ainda muitas outras notícias positivas sobre seu trabalho.

DIÁRIO DO NORDESTE - EDIÇÃO 09/12/2009

FILME CEARENSE É PREMIADO

O curta"Fractais Sertanejos" de Heraldo Cavalcanti recebeu várias premiações em dois importantes festivais nacionais de cinema


O filme cearense "Fractais Sertanejos" do cineasta Heraldo Cavalcanti recebeu três importantes premiações em dois festivais nacionais de cinema.

O curta foi exibido durante a 11ª Mostra Londrina de Cinema e no 16º Vitória Cine Vídeo. Sendo contemplado com as premiações de Melhor filme por Júri Popular (Londrina) e Melhor Documentário e Prêmio Jangada (Vitória), acumulando até agora 8 premiações em festivais brasileiros em menos de seis meses.

Com duração de 19 minutos, o filme conta a história de João Batista dos Santos, escultor natural da cidade de Aurora, no interior do Ceará.

João Batista é um operário da construção civil que se torna artista ao sair de um coma. Após essa experiência traumática, ele passa a esculpir obras abstratas que denomina "TudoeNada".

Seus trabalhos são semelhantes aos fractais estudados na física e na matemática do caos, ou seja, as esculturas parecem objetos geométricos divididos em partes iguais ao objeto original. Os fractais têm infinitos detalhes e são geralmente auto-similares uns aos outros.

Conforme o produtor do filme Moisés Magalhães, história e o filme têm recebido elogios por onde passa e atualmente vem despertando o interesse do canal Globo News, que procurou a produção do filme para gravar matéria com o artista.

Reconhecimento

O Troféu Jangada dado a o documentário "Fractais Sertanejos", é um prêmio oferecido pela Organização Católica Internacional de Cinema e pela Associação Católica Mundial para Comunicação (Ocic-Signis Brasil) para o filme que mais se destaca pela presença de valores humanos, éticos e espirituais.

Os jurados Júlia Machado e Daniel Paes da PUC do Rio de Janeiro justificaram a escolha da obra, por esta apresentar um diálogo sensível entre o diretor e seu personagem, gerando um filme de reflexão sobre o sentido do fazer artístico como caminho para um mundo mais humanizado. As filmagens de "Fractais Sertanejos" foram realizadas em Fortaleza, Aurora e São Paulo, onde o escultor morou e trabalhou.

O trabalhado foi pensado, inicialmente, para compor, com outros três personagens, um episódio do DOC TV, sobre a produção da cultura do Cariri. Apesar de não ser selecionado para a série, Heraldo decidiu transformá-lo em filme.

Mais Informações:

Bastidores e premiações do filme "Fractais Sertanejos", de Heraldo Cavalcanti, através dos endereços eletrônicos:
http://mostralondrina.blogspot.com/
http://www.vitoriacinevideo.com.br/
http://anitracinematv.blogspot.com/