segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MUSEU HISTÓRICO DE QUIXADÁ

Frente do Museu Histórico 
Detalhe interno
Homenagem a Jacinto de Souza
Quarto onde pernoitou Castelo Branco
Viola de Cego Aderaldo
Foto de Cego Aderaldo
Foto da visita de Getúlio Vargas a Quixadá
Rachel de Queiroz como rainha dos estudantes

O Museu Histórico de Quixadá, criado em 27 de outubro de 1984 pelo prefeito Aziz Okka Baquit recebeu o nome de Jacinto de Souza. Artista plástico, escultor e primeiro fotógrafo quixadaense, sempre se preocupou com a preservação do patrimônio histórico da cidade.

Na casa onde está instalado o Museu morou Daniel Moura, proprietário de uma usina de algodão acionada por caldeira a vapor. A residência foi construída em 1922 por Raimundo Franklin, responsável pelos retoques finais do Monumento ao Trabalhador (situado na praça José Marques da Silva).

São muitas as raridades existentes no Museu: alicate do século XIX usado na extração de dentes de escravos, tijolos e telhas fabricados em 1830,cimento usado na contrução do Açude Cedro, fotos históricas da cidade, fotos da escritora Rachel de Queiroz como rainha do estudantes, objetos pertencentes ao cantador Cego Aderaldo, etc.

O Museu funciona na Praça José Marques da Silva, popularmente conhecida como praça da estação, porque ali paravam os trens de passagem da RFFSA. Funciona de terça a domingo, sendo que nos finais de semana funciona apenas pela manhã.  As fotos ilustram um pouco da história que lá está contada e apreciada.

Fonte: Quixadá - Terra dos Monólitos - Miguel Von Behr
Fotos: Cristiano Goes