domingo, 17 de junho de 2012

DEBATE COM ADELIO TOMAZIN EM QUIXADÁ

Com Dom Adelio Tomazin
Mesa do debate
Saudando os presentes
                            
Exposição de Dom Adelio
com o amigo Jardel
A determinação é uma das suas marcas de vida principais. A defesa da educação como principal instrumento de mudança da sociedade brasileira está presente nas suas afirmações. A ênfase no trabalho digno e não feito através de esmolas é outra filosofia de vida. A decisão de nunca parar de empreender, de transformar sonhos em realidade, de nunca poupar esforços para o que acredita; tudo isto demonstra quem é Dom Adelio Tomazin.

A voz pode estar um pouco mais cansada, mas a determinação e a vontade continuam as mesmas de quando chegou ao Quixadá pela primeira vez e começou a arquitetar a construção do Santuário Nossa Senhora Rainha do Sertão. Depois veio a Creche Rainha da Paz, o Hospital e Maternidade Jesus, Maria e Jose, a Rádio Cultura, a Faculdade Católica, a Casa do Idoso e mais recentemente o "incansável" planeja uma Faculdade Tecnológica para Quixadá. E pela sua história, se Deus permitir permanecer mais tempo conosco, ainda teremos outras surpresas agradáveis deste entusiasta pela "Terra dos Monólitos".

Fui convidado para atuar como moderador no debate em que Dom Adelio Tomazin tratou de sua visão sobre desenvolvimento. Público grande e respeitoso para com o ilustre debatedor. E ele preparou-se para mostrar toda sua opinião sobre como devem se comportar os governantes, os gestores, os empresários, etc. Em uma exposição demorada demonstrou o que pensa e o que defende para uma melhoria da sociedade. Não faltaram críticas aos maus políticos, afinal " em um corrupto não se deve votar jamais". Continuou afirmando que "um prefeito ideal não é aquele bonito e simpático, que dá tapinhas nas costas, mas sim aquele que tem projetos e que pode fazer pela cidade". 

Tive o privilégio de apresentar Dom Adelio neste debate. Todos ali já conheciam nosso bispo emérito. Entretanto, apresentei-o como alguém que olha para uma determinada situação e não diz que deveria continuar assim, que era assim mesmo a vida e se resignava. Olhava para a referida situação e diz: "Não deve ser assim, vamos trabalhar para mudar este quadro". Assim é dom Adélio, nosso "incansável empreendedor".