quinta-feira, 20 de março de 2008

SEMANA SANTA ORIGEM E ATUALIDADE


A Páscoa é uma data cheia de símbolos. Ovos, coelho e vinho são alguns dos ícones que representam as tradições da festa que, ao contrário do que muitos pensam, não tem origem cristã. O teólogo e filósofo Inácio Strieder explica que os judeus já comemoravam sua Páscoa (chamada de Pessach) desde os tempos de Moisés.
"Milhões de judeus, espalhados pelo mundo inteiro, celebram a páscoa em família, como se estivessem em Jerusalém. É como que se transpondo para os tempos de Moisés, sentindo-se como se também eles se estivessem libertando da escravidão do Egito", analisa Strieder em seu artigo "A Atualidade da Páscoa".
Apesar de manter o mesmo sentido de libertação, a Páscoa cristã se baseia em preceitos diferentes. De acordo com o teólogo, Jesus de Nazaré, legítimo judeu, estava em Jerusalém para festejar a data quando foi preso e executado. "A alegria da festa pascal judaica se transformou em grande tristeza para os seguidores de Jesus. Isto se reflete hoje nas cerimônias da sexta-feira santa. Mas a alegria da festa retorna com a ressurreição de Jesus no primeiro dia depois da Páscoa judaica, dia que hoje é o nosso domingo."
SÍMBOLOS - Para a maioria das crianças, a Páscoa é uma festa diretamente relacionada a ovos de chocolate e aos coelhinhos. Os ovos siginificam vida nova, os coelhos, a fertilidade abundante de vida. E a ceia pascal? A memória da ceia - com o pão repartido e o vinho bebido por todos - remete à fraternidade universal. "Desta forma, as tradições da Páscoa cristã, todos os anos, nos lembram e nos incentivam para que vivamos a verdadeira liberdade, a fraternidade universal e a solidariedade", diz o historiador Inácio Strieder.(fonte UOL)
Nos deparamos hoje com o fato de que a Semana Santa é muito mais um feriadão do que um momento de reflexão cristã. O final de semana prolongado é o mote para festas, bebedeiras, som alto e baladas. Deve se ressaltar também que pode ser o momento de reencontro com a família que mora distante ou mesmo tempo de viajar fazendo turismo. Qualquer que seja a opção escolhida nesta semana especial é bom reservar tempo para um pouco de tudo: rever amigos e familiares que não vemos há tempos, participar de momentos cristãos e também festejar no sábado com moderação nos churrascos e forrós da vida. Vou tentar fazer um pouco de tudo.