domingo, 12 de fevereiro de 2012

CLÁSSICO REI E VITÓRIA DO FORTALEZA


Quando o tempo permite tenho prestigiado o Campeonato Cearense. Aliás, sempre gostei do ambiente do estádio, aquele clima de emoção a flor da pele. Não dá para comparar assistir um jogo pela tv e outro ao vivo no calor da torcida. É tudo tão diferente que fica até sem graça o jogo a distância. Por isso, sempre que tenho folga na agenda vou ao PV. Não dá para ser no Estádio José Antônio de Lima(Abilhão), pois o nosso Quixinha está na segundona. Triste, não é ? (isto para os quixadaenses)

Quanto ao Fortaleza, parece que a famosa garra ressuscitou neste 2012. Afora o time que nos deu o tetra, depois dele, não veio mais alegria. Foram campeonatos em que o desespero estava presente em quase todos os jogos. Finalmente reencontramos o bom futebol, com um time aguerrido e que fez por merecer esta virada heróica em cima do forte time rival. Valeu pela preparação antecipada, pelas contratações acertadas e pela disposição do grupo de atletas. Neste ponto, caro presidente tricolor, não há discordâncias. Só os parabéns e desejos de sucesso na empreitada esportiva.

E eu que comemorei apertando a buzina na comemoração. Tinha ido ao Quixadá no final de semana e voltei escutando no rádio (AM do povo-1010) o clássico. Depois dos gols da virada, fui o jeito buzinar e extravasar, afinal não é todo dia que se ganha do rival maior.

foto: Kauê comemorando o gol. (Agência Estado/LC Moreira)