quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

GIZELA SAUDADES

Quando uma das pessoas próximas a nós se vai para um outro plano, então sentimos o quanto fugaz é nossa existência. A vida é rápida, passageira e deve ser vivida intensamente dentro de princípios de fraternidade, solidariedade, compaixão e amor. A perda prematura da amiga Gizela deixa a todos que a conheceram tristes e saudosos de sua doçura e tranquilidade. Sei que será muito bem recebida pelo nosso Pai, pois sua vida foi pautada pela dedicação a sua família, ao trabalho, aos estudos. Faz anos que não a via, entretanto a distância nunca separa os verdadeiros amigos. Senti esta perda assim como todos os colegas do curso de história da UECE/FECLESC. Guardarei na memória a sua imagem daquela época, um tempo feliz para todos daquela turma. Gizela, saudades. Meus sentimentos a sua família e amigos próximos.