terça-feira, 7 de julho de 2009

DEBATE SOBRE RECURSOS HIDRICOS NO CEARÁ


Tenho estado ausente das postagens devido ao trabalho de conclusão de monografia de minha especialização. Com o tempo dedicado também aos estudos dos concursos aí o tempo ficou curto. De qualquer forma, hoje dei uma paradinha e participei de um debate da Escola de Formação de Governantes. O tema era a gestão de recursos hídricos e o expositor o secretário estadual Dr. César Pinheiro. Foi uma conversa bem informal com a turma presente. Ele fez uma trajetória de sua vida e depois abordou os projetos concluídos, em curso e para o futuro. Garantiu-me que a adutora do Pedra Branca para Quixadá foi entregue para licitação exatamente hoje. E que será na prática praticamente o dobro da capacidade da atual existente. A adutora anterior, depois de concluida a execução da nova ficará como reserva de operação. Mas vejamos algumas frases da exposição descontraída e enriquecedora de conhecimentos feitas pelo secretário:

- "Ainda não entendi por que fizeram o Pirabibu. Um açude menor encher um maior que é o Cedro. Não tem cabimento".
- "Nós temos que fazer adutoras e canais para que a água não fique parada e sim circule".
- "A discussão sobre a outorga e licença de bacias será levada para o comitê de bacias. É minha prioridade".
- "A mais bem feita e importante obra do Ceará foi o Castanhão".
- "O Castanhão salvou o Ceará de uma das maiores tragédias, que seria o alagamento de muitas cidades. Ele já pagou o investimento em 2004, ao evitar esse desastre. Disse isso ao Ministro Ciro Gomes".
- "Somos o único estado que já tem projeto para a água da transposição do Rio São Francisco".
- "Fortaleza já tem água garantida para os próximos 30 anos".
- "O projeto cinturão das águas é a minha menina dos olhos. É algo fantástico para nosso desenvolvimento".

foto: Alguns alunos da Escola de Governantes, eu, Professor Alberto Teixeira e o Secretário Cesár Pinheiro (sentados)