domingo, 27 de junho de 2010

MEGA CONVENÇÃO HOMOLOGA CID E DOMINGOS FILHO

Estive o dia todo na mega convenção que homologou a candidatura à reeleição do Governador Cid Gomes. O local talvez não fosse adequado para receber tanta gente. O espaço não comportou a quantidade de pessoas ali presente. Havia mais gente fora da quadra do que dentro. Apesar disso, o palanque estava bem decorado com fotos do Presidente Lula, Dilma Roussef, Ciro Gomes e dos candidatos ao Senado Federal, Eunício Oliveira e José Pimentel.

Entre os proporcionais estavam com marketing interessante Mário Feitosa, Domingos Neto, Neto Nunes e Eliane Novais. A ausência de Luizianne à convenção é um diagnóstico de que ela não digeriu bem a perda da indicação ao cargo de vice-governador. Ressalte-se que nos bastidores havia um clima de satisfação com a indicação de Domingos Filho. Para muitos dos presentes isto reflete de forma positiva para o embate eleitoral.

Algumas figuras que defenderam o rompimento do PT e o consequente apoio à candidatura de Lúcio Alcântara se fizeram presentes com a maior "cara lisa". Nos bastidores isto causou espanto e revolta.

A chegada das autoridades foi quase igual. Cid chegou dirigindo o carro na qual vinham Domingos e Eunício. Depois de muitos cumprimentos, os discursos iniciaram. A fala do deputado Pimentel foi curta. Eunício Oliveira ressaltou sua trajetória de vida com ênfase na sua origem no interior. Ciro Gomes como sempre foi brilhante. Afirmou que não era um dos politicos velhos que não deixavam de tentar segurar na rapadura. Domingos Filho evidenciou seu histórico no parlamento e disse estar feliz de compor a chapa com Cid. O governador Cid estava ao lado de sua família e afirmou que caso eleito manterá a prioridade das ações em quatro áreas: educação, saúde, segurança e emprego. A ovação foi grande e a convenção terminou com uma chuva de balões.