sexta-feira, 19 de outubro de 2012

BAIXARIAS, GOLPES BAIXOS E OUTRAS IGUARIAS DAS ELEIÇÕES EM FORTALEZA

Nunca tive a oportunidade de presenciar de perto uma eleição municipal em Fortaleza. Sempre votei em Quixadá e estava sempre envolvido nas questões locais da "Terra dos Monólitos". Minha militância nas eleições me impedia de acompanhar a situação eleitoral de Fortaleza. Entretanto, neste ano, devido ao trabalho, tenho passado mais tempo na Capital Cearense e acompanhado as movimentações dos partidos neste pleito próximo.
 
Já vi em outras épocas fazerem uma campanha baixa contra a esquerda, contra o Lula, contra o PT. Lembro da acusação de que os comunistas comiam criancinhas (hoje dá para achar graça, mas não em sua época); lembro da acusação de que Lula ia mudar o hino e a bandeira do Brasil; lembro das acusações de que o PT iria tomar as terras e as casas das pessoas; lembro da acusação de que se o PT subisse ao poder iria mexer na caderneta de poupança (foi até o contrário, não é ?); isto tudo dentre tantas outras idiotices e sacanagens utilizadas no período eleitoral.

Agora ao vivenciar esta campanha, vejo que algumas pessoas do PT aprenderam realmente a lição. Não a lição da ética na política, do respeito à diversidade, da alternância no poder, da democracia. A quantidades de boatos, invencionices e panfletos apócrifos que estão soltando dá nojo. Dizem quem Roberto Cláudio vai colocar barreiras para cobrar pedágios nas ruas a quem se dirigir ao Centro; que vai tirar gratificações dos professores; que vai acabar o reveillon e o pré-carnaval; que vai acabar o bolsa família (imaginem só!!!!). Recebi hoje um email de que ele iria acabar o carnaval em Fortaleza. Quanta baixaria. Quanta politicagem. Quanta pequenez.
 
Esta eleição deve ser marcada pelo debate claro de idéias e projetos. Se as pessoas acham que o atual modelo de gestão é o ideal, que votem pela sua ratificação. Se acham que não deve haver continuidade, que necessita-se de uma mudança qualificada para a gestão de Fortaleza, que votem em Roberto Cláudio. É simples, apresentem sua propostas, debatam suas idéias, discutam com parceiros políticos, construam alianças e entrem no jogo eleitoral da eleição de forma transparente e honesta.
 
Esta baixaria vem provavelmente de pessoas desqualificadas, apegadas ao poder e sem princípios. Será o desespero de vislumbrar uma derrota nas eleições, de sair das benesses do compadrio, que está fazendo este festival de baixarias ecoar furtivamente pelas ruas de Fortaleza? Apelo às pessoas de bem e de bom senso que ainda existem no PT que reescrevam sua estratégia eleitoral. Não é verdade que tudo deve ser feito para ganhar as eleições. Não é verdade que deve-se rasgar a ética para se eleger. 
 
Eu tenho o meu candidato em Fortaleza que se chama Roberto Cláudio. Trata-se na minha opinião do mais preparado, do mais entusiasmado, o que tem mais propostas para governar com qualidade e sensibilidade a capital do Ceará. Esta é a minha opinião e assim procuro convencer aos demais amigos, conhecidos e colegas.
 
Façam dessa forma, defendam seu candidato, suas propostas e procurem convencer os outros. De baixaria, a população já está cheia. E vinda do PT, que lutou tanto contra o jogo baixo de adversários, trata-se de uma surpresa, mas de uma surpresa muito desagradável, até nefasta e que sepulta seus antigos ideais. Se é que eles realmente ainda existem para os que conduzem a campanha do PT em Fortaleza.