quarta-feira, 3 de outubro de 2012

ROBERTO CLÁUDIO E A CIDADE DE FORTALEZA

Algumas decisões tomadas em nossa vida são realizadas por impulso, pelo calor do momento, pela necessidade de decisão imediata. Nem sempre estas decisões impulsivas são equivocadas ou errôneas. Entretanto, a decisão sobre os rumos da cidade de Fortaleza para os próximos quatro anos deve ser uma decisão amadurecida, pensada e avaliada.
Falo isto como um morador recente desta maravilhosa cidade. Cidade alegre, de um povo brincalhão e hospitaleiro; de ambientes agradáveis para discutir futebol, política, cinema ou simplesmente do dia a dia. Fortaleza tem essa alma feliz, ordeira e sonhadora. Sonhadora, mas meio que tristonha pelos muitos entraves existentes atualmente. Problemas no trânsito, na mobilidade urbana, na saúde, na habitação, na execução de obras necessárias, na segurança, na gestão eficiente dos recursos públicos, entre tantas outras dificuldades. O fortalezense tá meio acabrunhado de sonhar, de pensar em uma cidade melhor. Os últimos anos foram de marasmo total na administração municipal. Pouco aconteceu para dar orgulho a seus moradores. Pouco aconteceu para sanar seus problemas.

Ocorre, porém, que é das adversidades que muitas vezes vem à escolha do caminho adequado para se percorrer.  E este momento é especial para Fortaleza. A oportunidade para se projetar uma cidade mais justa, mais urbanizada, socialmente mais responsável, está batendo a porta agorinha.
Fortaleza é uma das cidades escolhidas para sediar jogos do maior evento mundial de esportes: a Copa do Mundo. A possibilidade de captar recursos para investimentos nas mais diversas áreas nunca esteve tão acessível. Projetos viáveis, bem elaborados para mobilidade urbana, meio ambiente, cultura, prática de esportes, turismo, ou seja, para praticamente em todas as áreas, não terão dificuldades maiores em ser implementados. Basta ter competência e disposição para correr atrás. Isto sem contar as parcerias e investimentos que podem ser trabalhados com a iniciativa privada, ávida para também aproveitar este momento ímpar para a capital cearense.

Outra possibilidade de melhorar por demais a vida do fortalezense é a integração dos meios de transporte ao novo Metrô. Uma obra tão demorada e sonhada está se tornando realidade. Faz-se necessária sua integração com as ruas e avenidas de Fortaleza; com seus ônibus, serviços de táxis e vans. Deve ser pensado antecipadamente os impactos e correlações com a futura linha do metrô que integrará o Centro com o Papicu, Cidade 2000 e Washington Soares. Deve ser pensado o impacto do Veículo leve sobre trilhos (VLT)do Mucuripe para com o Castelão e Parangaba. Esta nova ordem que chega com o Metrô e suas novas linhas podem revolucionar o sistema de transporte de Fortaleza. Para isto, necessita-se de condutores da gestão cidade hábeis e competentes.
Vou citar mais outros cenários impactantes para Fortaleza. A entrega do Centro de Eventos, do Aquário, do Novo Castelão, da duplicação do anel viário, dos novos shoppings em construção nos mais diversos bairros, do Projeto Maranguapinho, etc; enfim, todas estas obras trarão impactos positivos e a cidade precisa ter um planejamento para aproveitar de forma eficaz todos estes investimentos. Não dá para tratar todas estas questões de forma amadora. Senão, poderemos perder grandes oportunidades de tornar Fortaleza uma cidade bem melhor em todos os aspectos.
Outra questão não menos importante é que Fortaleza possui capacidade de investimento próprio. A possibilidade de endividamento da cidade propicia atrair e realizar grandes investimentos necessários ao progresso e modernização da cidade. Claro que isto merece e aí ressalto novamente, de uma gestão capacitada e ousada para os novos desafios que se põem de frente a esta metrópole.
Diante destes cenários vivemos uma campanha eleitoral que está chegando ao fim. Há bons candidatos. O debate foi muito interessante. Todavia, deve-se buscar a melhor opção para Fortaleza. E não há dúvida nenhuma de que o melhor candidato, o mais preparado para ser o condutor de uma gestão ousada, moderna e humana trata-se do deputado Roberto Cláudio. Por toda sua história, pela sua trajetória de vida, pela sua opção pela construção de uma política pública de qualidade, Roberto Cláudio constitui-se no gestor que irá fazer Fortaleza voltar a sonhar.
Tem capacidade e disposição para ser o grande timoneiro capaz de aproveitar as oportunidades que a Copa de 2014 trará para Fortaleza; capaz de estabelecer parcerias com o governo estadual e federal; capaz de firmar parcerias com a iniciativa privada; capaz de integrar os setores de transporte; capaz de elaborar bons projetos para recriar a esperança para Fortaleza nas mais diversas áreas. Será o gestor da educação de tempo integral; do tocador das obras necessárias à modernização de Fortaleza; o prefeito das UPAs, Policlínicas e dos postos de saúde funcionando direito; o gestor para efetivamente cuidar de Fortaleza.
Roberto Cláudio visitou todos os bairros de Fortaleza. Sempre com o sorriso nos lábios conheceu milhares de pessoas. É uma pessoa de bem. Saiu ainda melhor depois desta campanha pelos muitos ensinamentos que ela deixou. Tem formação e sensibilidade para cuidar de Fortaleza e de seus moradores. Acreditemos em Roberto Cláudio. Acreditemos em Fortaleza. Dia 7 de outubro, construa uma nova história para a capital cearense.