domingo, 22 de março de 2009

DOGVILLE, UM FILME PARA ANALISAR A NATUREZA HUMANA


Algum tempo atrás fui ao cinema para assistir um filme indicado por um sobrinho que se chamava "Dogville". Dia de domingo fui com a namorada para assistir a essa nova película estrelada pela bela atriz Nicole Kidman (sou fã dos seus belos olhos). Em pouco tempo de exibição deu vontade de sair do cinema e ir embora. Sou daqueles que fica até o final do filme mesmo não gostando mas o estilo do filme me fez detestá-lo inicialmente. Como estava bem acompanhado não podia fazer essa desfeita.

Depois pude perceber a magistral história ali descrita. Fugitiva da justiça, a personagem vivida por Kidman consegue abrigo em uma pequena e simples vila. Ela recebe a solidariedade das pessoas que lá moram. Nesse momento o espectador acaba se envolvendo com o enredo da história e a gostar da vida daquela pequena vila e de seus personagens. Passa a se ver entre os personagens. Pouco a pouco porém a fugitiva passa a conhecer a verdadeira realidade dos moradores. Aquela solidariedade inicial dá lugar à chantagem, à exploração, à desumanidade.

Saí do cinema meio atordoado com a forma perversa com que a natureza humana foi mostrada. Os personagens, a princípio bonzinhos e simpáticos, demonstram como em certas situações a humanidade é insana e vil. O filme dirigido por Lars von Trier causou muita polêmica e mostrou de uma forma enfática e surpreendente a manifestação da arrogância humana. Relembrando o filme com alguns fatos atuais, parece que passei uma temporada no meio daquela vila imaginária de Dogville. Quanta semelhança !

DOGVILLE é um filme para assistir e refletir. Uma boa pedida para os "Amantes do Poder e da Riqueza".

Obs: Sempre é bom rever a beleza de Nicole