segunda-feira, 3 de agosto de 2009

DIVERSÃO DE POBRE


João Goulart era ministro do Trabalho e foi a Aracaju(SE) inaugurar a sede da Delegacia Regional do Trabalho. Resolveu caminhar um pouco, nas proximidades do hotel, quando encontrou uma mulher puxando uma fila de dez filhos e vendendo bilhetes de loteria. Ele ficou impressionado:
- Cadê seu marido, minha senhora ?
- Tenho marido não, doutor. Cada filho é de um pai diferente - disse ela.
- Pelo que estou vendo, o jeito é diminuir os seus amores - brincou Jango.
A mulher respondeu, sem pestanejar:
- Ah, isso não doutor. De brincadeira de pobre, essa foi a única coisa que os ricos não tiraram da gente.
Fonte: "Poder sem pudor" - Cláudio Humberto