quarta-feira, 10 de março de 2010

FICAR A VER NAVIOS - ORIGEM EXPRESSÃO

No dia 4 de agosto de 1578 travou-se a terrível batalha de Alcácer-Quibir.Nela, o rei de Portugal Dom Sebastião comandou um exército de 16 mil homens enfrentando 40 mil mouros. Depois de quatro horas de feroz combate, milhares de mortos e feridos estavam espalhados no alto de Santa Catarina.O monarca português desapareceu, e por mais que fosse procurado, seu corpo nunca foi encontrado. O sumiço deu origem a uma crença chamada sebastianismo, segundo a qual Dom Sebastião não morrera, encantara-se e um dia voltaria.
Multidões passaram meses no cais de Lisboa a ver navios, na ansiosa expectativa do retorno do rei. A expressão sobreviveu a séculos de teimosa credulidade. Até hoje, colocada na boca do povo, traduz frustrações individuais e coletivas.

Fonte: O pulo do Gato - Márcio Cotrim