domingo, 7 de março de 2010

TEMPOS NOVOS - MINISTRO MARCO AURÉLIO MELO


Extraio de decisão do Ministro Marco Aurélio (STF), na qual negou habeas corpus ao atual governador José Roberto Arruda, frases finais que pontuam sua opinião sobre o momento atual brasileiro. Um primor.

"Eis os tempos novos vivenciados nesta sofrida República. As instituições funcionam atuando, a Polícia Federal, o Ministério Público e o Judiciário. Se, de um lado, o período revela abandono a princípios, perda de parâmetros, inversão de valores, o dito pelo não dito, o certo pelo errado e vice-versa, de outro, nota-se que certas práticas - repudiadas, a mais não poder, pelos contribuintes, pela sociedade - não são mais escamoteadas, ela vêm à balha para ensejar a correção de rumos, expungida a impunidade. Então, o momento é alvissareiro.

Indefiro a liminar. Outrora houve dias natalinos. Hoje avizinha-se a festa pagã do carnaval. Que não se repita a autofagia."