quarta-feira, 10 de março de 2010

UM BREVE COMENTÁRIO SOBRE O CARNAVAL DE QUIXADÁ


Embora já tenha passado certo tempo da realização do carnaval, cumpre fazermos algumas considerações. Estive lá os quatro dias, momento em que tive muitos contatos e revi amigos e amigas.

Nos pontos positivos posso citar a segurança e a própria estrutura do carnaval. Acho que atenderam a contento o evento. Bom palco, boa estrutura de camarotes e som. Não houve comprometimento.

O grande lance do carnaval continuou sendo o desfile de blocos, os quais fizeram belas apresentações. O fato do bloco Camaleão, que estava bem bonito, ter ganho o título de melhor bloco poderá apimentar a disputa para os anos seguintes.

Agora alguns detalhes fizeram a diferença para que o Carnaval de Quixadá tenha tido uma grande decaída na atual gestão. Primeiro, acredito que a falta de prioridade da administração para a realização do evento atrapalhou. Não se comprometeu efetivamente, deixando o pessoal da secretaria afim totalmente responsável por tudo e sem muita ajuda. Essa é a minha percepção, contudo posso estar enganado. Mas, vejamos que a falta de priorização chegou a  ponto do prefeito municipal nem na praça aparecer. Preferiu passar o período momino em outra cidade. Um contrasenso para quem deseja fazer um grande evento de porte turístico.

A falta de sensibilidade para a escolha das bandas foi total. É preciso conciliar o desejo dos foliões com as atrações, o que não ocorreu. O horário da entrada das principais bandas era muito tarde, prejudicando muito a energia do evento. Acredito que teve folião que somente curtiu Boneca Cobiçada, pois em virtude do horário não ficou para ver as outras bandas. Assim, faltou atrativo para fazer ao menos os foliões quixadaenses ficarem na cidade, o que acabou não acontecendo. Centenas ou até milhares procuraram viajar e curtir em outras paragens. Para se ter uma idéia, o carnaval de Banabuiú deu um show em cima de Quixadá, que tem muito mais tradição e representatividade.

É bem verdade que a crise financeira pode ter atrapalhado, mas acredito que com praticamente os mesmos recursos teria se feito uma festa bem melhor e com melhores atrações musicais.

A divulgação do evento inexistiu, o que motiva o fracasso da festa. Como pode-se planejar ficar o carnaval em Quixadá se a programação só foi apresentada na véspera? Falo em ficar, pois se não houve divulgação nem na cidade do evento, quiçá teríamos visitantes. Como evento turístico, o evento foi marcado por um insucesso total.

Outra mudança não planejada foi a mudança de última hora do tradicional mela-mela. Estive no local e pude ver a confusão causada no trânsito da cidade. Longe de mim entrar na polêmica do local, mas a alternativa escolhida trouxe bem mais transtornos à cidade. Ainda bem que não houve nenhum atropelamentos no local.

Como ainda faltam dois carnavais a serem realizados pela atual gestão, seria bom os organizadores sentarem-se com os donos dos blocos e outros interessados para pensar a festa com planejamento. Organizar melhor, na maioria dos casos, não acrescenta despesas, propicia em geral mais economia financeira e um evento melhor produzido e agradável. Se continuar acontecendo dessa forma amadora, a festa deixará de ser realmente uma referência na cidade. Uma pena.