quarta-feira, 20 de maio de 2009

GOMORRA - RETRATO DA MÁFIA ITALIANA


Recebi uma postagem de um grande amigo, que há muito tempo não tenho o prazer de vê-lo: Lucivaldo (Vavá). Ele foi meu colega no Banco do Brasil como menor estagiário e hoje trabalha na Cidade Maravilhosa(RJ). Como entusiasta do bom cinema me mandou um rol de filmes, segundo sua análise especiais. Entre eles estava "Gomorra".

Este filme italiano mostra como ainda hoje é forte a máfia italiana. Demonstra, no decorrer de sua exibição, como a máfia atrai a juventude. Sempre o apego ao dinheiro, a carros, a roupas, etc. Esta atração leva os jovens italianos a se entregarem às atividades ilícitas de tráfico de drogas, de roubos, de extorsões, de assassinatos. O filme retrata a máfia em seus momentos mais sórdidos, não há nada de nostalgia, de simpatia. Mostra a realidade nua e crua da organização criminosa. Por isso que provocou tanta polêmica, sendo o diretor do filme inclusive ameaçado de morte. "Gomorra", o filme, mostra como os novos integrantes da Camorra passam por provas de lealdade, como os antigos membros e familiares são recompensados até o fim da vida, como as crianças dos guetos pobres da cidade são tentadas com as promessas de dinheiro fácil da máfia e como quem sai da linha paga, quase sempre, com a morte.

Um filme para entender como um país desenvolvido como a Itália luta ainda para erradicar esta chaga mafiosa.